férias nas Maldivas em 2021

V I A G E N S

Não é por acaso que umas férias nas Maldivas são o SONHO de muitos casais em lua de mel e não só. As Ilhas Maldivas estão na lista de lugares que todos sonham visitar pelo menos uma vez na vida. Este paraíso na terra, tem praias tropicais de areia clara, palmeiras à beira mar e bungalows de sonho sobre o mar azul turquesa. O que forma um cenário romântico inesquecível!

Embora as Maldivas sejam vistas como um destino de luxo, não estão apenas ao alcance dos mais abastados. Por isso, neste artigo vais descobrir quanto custaram as nossas férias nas Maldivas, quais as ilhas com o mar azul turquesa que te recomendamos, quanto tempo ficar, quanto custou o nosso transfere do aeroporto. E ainda todos os documentos que precisas para viajar para as Maldivas e inúmeras dicas que não vais querer perder.

Porque decidimos fazer umas férias nas Maldivas?

Por duas simples razões:

 

1. Destino SEGURO e adaptado à situação do covid-19

Sabias que as Maldivas foram consideradas pela World Travel Awards como o lugar que virou exemplo da retoma do turismo durante a pandemia. Recebendo assim o prémio de melhor destino em 2020 – “O óscar do turismo”. As Maldivas também receberam o selo “Safe Travels” do Conselho Mundial de Viagens e Turismo em setembro 2020.

E graças a tudo isso, desde a sua reabertura, milhares de turistas puderam desembarcar no arquipélago.

2. Destino CALMO

Viajar para as Maldivas já estava na nossa lista de desejos desde sempre. Mas sempre que chegava à altura de marcarmos as nossas férias queríamos destinos mais agitados. Até que veio a Pandemia, e parou o mundo! E achamos que era o momento ideal para realizarmos o nosso sonho. Porque é um destino que nos permite ficar mais parados pelo resort e dentro do possível evitar contatos desnecessários com os povos locais.

Na nossa opinião, as Maldivas são um destino desenhado para aproveitar a vida de resort ao máximo. Hospedas-te numa ilha que tem tudo o que precisas, conectas-te com o mar e a natureza e assim podes-te desconectar da agitação do mundo exterior. Ao contrário de outros destinos que já viajamos, como por exemplo a Tailândia ou as Filipinas, em que o conceito é andar de mochila às costas de um lado para o outro, para explorar ao máximo, visitar povos, templos, bem como outros monumentos.

Onde ficam as tão famosas Ilhas Maldivas?

O arquipélago das Maldivas, um dos mais cobiçados do mundo, fica localizado no Oceano Índico, ao sul da Índia, no continente asiático. É formado por um total de 1196 ilhas e 26 atóis.

E o que são os atóis?

Então, os atóis são vulcões antigos submersos onde os corais crescem na base. Esses vão fragmentando com as correntes marítimas e formam ilhas com lagoas de águas cristalinas. Daí a formação paradisíaca das Maldivas.

A capital das Maldivas

A capital do país é Malé, na ilha de Hulhumale. 

Malé é a pequenina capital das Maldivas, com apenas dois quilômetros quadrados de extensão. E que comporta 100 mil habitantes. Esta pequena ilha abriga o centro político e comercial desse cobiçadíssimo arquipélago da ilha das Maldivas.

A ilha de Hulhumale, tem seis bairros no total. Sendo que um desses bairros é Malé, onde aterram os aviões internacionais. De lá, para chegar ao centro da cidade é preciso fazer a travessia de um bairro para outro. O que é possível ser feito através de um barco com duração de cinco minutos. Também pode ser feito através de carro, com duração de cerca de 15min.

Passamos por Malé no regresso, durante menos de 24h. Isto porque como deixamos a ilha privada às 14h00 e o nosso voo internacional de vinda era só depois das 23h00, preferimos ir para um hotel descansar nessas horas. Já que tínhamos um voo longo de quase 24h pela frente.

A nossa experiência em Malé: Achamos as pessoas muito simpáticas e sorridentes, neste pequeno contato que tivemos com eles. No entanto, não encontramos nenhum encanto que justifique ficar pela capital. É uma realidade completamente diferente do luxo e requinte que tanto caracterizam as Maldivas.

INFORMAÇÃO: Nós ficamos no hotel Turquoise Residence by UI

Se também precisares de pernoitar em Malé é uma boa opção. Não é um hotel luxuoso, alias nem se quer é hotel é uma residência. Mas tem um bom custo-beneficio. E é muito prático para passar umas horas, porque fica bastante perto do aeroporto. Eles incluem o serviço de transfere do aeroporto até ao hotel na ida e na volta. E como passamos lá uma tarde e não uma noite, pedimos sandes para lanchar no lugar do pequeno almoço e eles aceitarão 😀

Estás a gostar do conteúdo todo que te oferecemos aqui? Então ajuda-nos, é fácil 😀

Se usares o nosso link do booking.com para reservar qualquer hospedagem que necessites (mesmo que não seja para as Maldivas) estarás a retribuir a este blog, com uma pequena comissão. 


Booking.com

Qual o fuso horário

Quanto ao fuso horário, em relação a Lisboa, nas Maldivas são + 5horas.

Qual o idioma falado nas Ilhas Maldivas?

O idioma oficial das Maldivas é o Diveí (ދިވެހ, dhivehi), maldivense ou maldivano, uma língua indo-ariana falada por mais de 300 000 pessoas nas Maldivas.

Mas dentro dos hotéis, todos falam em inglês. E no caso de tu não falares inglês, não te preocupes. Pois, os funcionários dos hotéis vão sempre fazer um “esforço” para compreender os seus hóspedes.

 

Durante a nossa estadia aprendemos a dizer «Obrigada» – Shukuriyyaa

Guarda esta palavra para lhes poderes agradecer no idioma deles. Eles vão adorar 😀

Qual é a moeda utilizada nas Maldivas?

A moeda oficial das Maldivas é a Rupia das Maldivia (MVR). (1€ = 17 Mvr).

Mas provavelmente nem vais chegar a ver uma moeda local, porque os preços nos hotéis estão todos em dólares e/ou euros. No hotel podes utilizar euros, dólares e cartão de crédito.

A melhor opção é o cartão revolut, é completamente gratuito, funciona muito bem fora de Portugal e evitas pagar as enormes taxas ao teu banco, assim que levantas dinheiro fora de Portugal.
 

Ainda assim, aconselhamos-te a levar algum dinheiro em mão ~200€. Isto porque, muitas vezes é exigido à chegada a este país. Também para poderes dar as gorjetas aos funcionários. E ainda porque, podes sempre precisar por algum motivo. E depois nas ilhas privadas não tens onde levantar dinheiro. Na nossa ilha, não havia caixas de multibanco. Nem faria sentido haver.

👉PEDE AQUI O TEU CARTÃO REVOLUT GRATUITO – Poupa e gere o teu dinheiro com a Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.👇

Quando fazer férias nas Maldivas?

As Maldivas são um destino paradisíaco para viajar durante todo o ano, caso gostes de sol, calor e água do mar com uma temperatura média de 28 ºC. A temperatura máxima é estável, entre 30ºC e 31ºC, com ar húmido e brisa do mar constante. O que diminui um pouco a sensação térmica. Já a média mínima de temperatura varia entre 25ºC e 27ºC.

 

Contudo, de modo a evitares a possibilidade dos furacões é aconselhado fazer férias nas Maldivas entre novembro e abril. Nós optamos por viajar para as Maldivas em janeiro e apanhamos dias espetaculares.

Quanto tempo é recomendado para umas férias nas Maldivas ?

Provavelmente a resposta é até ao fim das nossas vidas. Afinal, quem não gosta de acordar todos os dias ao lado do mar azul turquesa? De tomar um pequeno almoço flutuante, de adormecer no paraíso ouvindo apenas o barulho das ondas… Enfim de viver uma vida de sonho! Contudo ter orçamento para sustentar essa vida tanto tempo não está ao alcance de todos. 😂

Nós ficamos 10 dias. E aconselhamos no mínimo 7 noites. Porque se trata de uma viagem de longo curso, na qual grande parte do orçamento que vais gastar é para chegares até lá.  E além disso, conta com aproximadamente 24h para chegar e outras 24h para voltar. Por isso convém que fiques com uma boa margem de dias para desfrutar do paraíso.

Onde te hospedares durante umas férias nas Maldivas?


Booking.com

Escolher um Resort nas Maldivas não é missão fácil. A oferta de resorts de sonho é tão grande que quando começas a pesquisar, também começam a surgir as dúvidas de qual será a melhor opção de hospedagem. 

O que aconselhamos é primeiro definir onde queres ficar, se é numa ilha privada ou numa ilha pública(para pequenos orçamentos). E depois fazes uma pesquisa intensa à procura de um hotel com os bungalows em cima do mar, com a melhor qualidade/ preço.

Após termos feito essa pesquisa,  decidimos ficar hospedados no Sun Island Resort e SPA, na ilha de Maamigili.

Sun Island Resort & Spa

SOBRE O SUN ISLAND RESORT & SPA: PROPORCIONOU-NOS UMAS FÉRIAS DE SONHO! A ilha do resort tem cerca de 4km. Toda a ilha estava muito bem cuidada. A areia clara, o mar azul turquesa e os bungalows em cima do mar, tal como tanto queríamos.  Era o verdadeiro paraíso na terra. Além do maravilhoso mar, o resort está rodeado de jardins tropicais maravilhosos. As refeições desde o pequeno almoço, ao almoço e ao jantar também eram muito boas e havia quantidade e variedade. Tudo estava sempre muito limpinho. A equipa foi super simpática.

Enfim, temos tão bem a falar deste hotel que criamos um artigo a falar de todas as particularidades dele e a avalia-lo.

Recomendamos-te que consultes esse artigo para também te apaixonares por este hotel 👇

Também criamos um artigo com outras opções de hospedagem que descobrimos ao longo das nossas férias nas Maldivas, através de recomendações de outras pessoas. 

Poderás consultar esse artigo clicando sobre o titulo abaixo👇

Como chegar às Maldivas?

Desde Portugal, não existem voos diretos para as Maldivas. Por isso é uma boa oportunidade para combinares o destino com um outro. Mas atenção!!! Porque não recomendamos que combines diferentes destinos numas só férias durante o covid-19!!!

Como não queremos que te falte nenhuma informação, também criamos um artigo com todas as informações para quem vai  viajar para as Maldivas durante o covid-19. 👇

Atualmente é recomendável fazer apenas uma escala de curta duração. Entende-se por isso que a duração total do voo não demore mais do que 24 horas a chegar ao destino. Isto porque caso o teu voo tenha uma duração total superior a 24h de transito, então deves repetir o teste ao covid-19 no país onde fazes a escala. Mas esta foi a informação valida aquando da nossa viagem em janeiro de 2021. Recomendamos-te que te informes com a companhia aérea que irás escolher.

O nosso voo: Nós voamos com a companhia aérea da Emirates e fizemos uma curta escala no Dubai. A duração total do voo foi de ~22 horas.

Podes consultar as requisições para viajar com a EMIRATES, AQUI

O hotel onde nos hospedamos fica situado na área de Ari Atoll, um dos maiores atóis das Maldivas. E esse atol por sua vez alberga mais de 20 ilhas-resort, uma das quais a ilha de Maamigili onde ficava o nosso hotel, o Sun Island Resort & SPA.  

Quando chegamos a Malé, depois de recuperar as malas e sair para a parte exterior do aeroporto, encontramos muitas barraquinhas brancas com os nomes de hotéis. Aí nós procuramos o nome do nosso hotel que estava na barraca17 e solicitamos o transfere para o hotel.

Eles agilizaram logo tudo. Deram-nos um papel com o nosso numero de espera, ficamos cerca de 1h à espera que mais pessoas chegassem. E quando já estávamos um grupo grande, um membro da empresa acompanhou-nos até ao aeroporto doméstico, que era muito perto. Depois fizemos o check-in de todas as nossas malas (não pagamos nada aqui) e então apanhamos um voo doméstico até a ilha de Nalaguraidhoo.

Chegando a essa ilha, estava uma equipa com vans à nossa espera que nos levou até um pequeno porto. E então aí apanhamos um speedboat até a ilha de Maamigili, que era onde estava finalmente o nosso resort.

Ou seja, desde Malé (aeroporto internacional) demoramos cerca de 1h com o voo doméstico mais o speedboat. E quando chegamos ao hotel tínhamos depois do check-in tinhamos fatura para pagar deste transfere e do transfere do regresso que foi logo pago em avanço.

Valor do transfere:

Então neste caso, como ficamos hospedados no Sun Island Resort precisamos de um voo doméstico + speedboat.  Pagamos 299USD por pessoa pela ida e volta. O que corresponde a 150USD por viagem, por pessoa.

👉RESERVA AQUI O TEU TRANSFERE – Poupa tempo e dinheiro com os melhores preços.

Mas afinal quanto custam umas férias nas Maldivas?

É verdade que as Ilhas Maldivas são um destino caro. Mas não teria como não ser se refletirmos em toda a logística que tem que ser feita para que os recursos cheguem até lá. E para que tudo funcione com perfeição nestas imensas ilhas.

Começando logo pela necessidade de importar comida da melhor qualidade por meio do oceano Índico. Bem como a necessidade de ter profissionais qualificados. Isto porque não adianta ter ingredientes bons sem um bom chefe de cozinha. Da mesma forma como ter os melhores spas não serve de nada sem terapeutas qualificados.

Normalmente, nós reservamos sempre as nossas férias de forma independente, hotéis, voos, etc.

Para teres uma ideia de quanto podem custam umas férias às Maldivas, nós pagamos no total 4500€ pelos 10dias para 2pessoas.

Esse foi o valor total por:

– 3700€ pelos voos para os dois + alojamento para 2 pessoas com pensão completa, em bungalows sobre o mar azul turquesa (o que é mais caro do que bungalows na praia)

– 500€ pagos no local, pelos pack de transferes de ida e volta para os dois.

– 96€ pagos no local pela “Green Tax” de USD 6.00 por pessoa e por noite.

– 200€ para extras para os dois (bebidas de coco, aluguer de bicicletas, desportos aquáticos, etc).

É importante: dedicares-te a pesquisar todas as opções possíveis e imaginarias.

Dica de ouro: Felizmente as Maldivas podem ser combinadas com outros destinos na mesma viagem, baixando os custos. Saindo da Tailândia, por exemplo, a companhia low cost Air Asia costuma vender passagens entre Bangkok e Malé a partir de 200€ ida e volta.

Contudo, voltamos a referir, que não é aconselhado nesta altura de pandemia devido à covid-19.

Férias nas Maldivas em modo lowcost!!

Embora os grandes resorts e hotéis em ilhas privadas possam ter diárias acima dos milhares de dólares, desde 2008 o governo permitiu a criação de pousadas nas ilhas habitadas pela população local. O que reduziu consideravelmente os custos (alojamento entre 50 a 100€  por noite).

De seguida enumeramos algumas ilhas habitadas, para que possas pesquisar mais sobre elas se te interessar:

Maafushi

Dhiffushi

Haa Dhaalu

Thulusdhoo

Gan

 

O que fazer numas férias nas Maldivas?

Férias são férias e as Maldivas são o destino perfeito para ficar todo o dia de papo para o ar na espreguiçadeira a usufruir de tempo de qualidade. Também é o destino perfeito para te desconectares do stress do dia-a-dia e relaxar. Usufruir do teu resort e descobrir as preciosidades do oceano. Este é um dos objetivos de quem viaja para este PARAISO chamado Maldivas.

Neste seguimento também podes optar por cuidar do teu corpo e mente, usufruindo dos cuidados de saúde e bem-estar que estão ao teu dispor na zona do Spa do teu resort.

Mas… as Maldivas também te oferecem um leque de atividades e experiências que não vais querer perder. Há uma impressionante diversidade de vida marinha nestas ilhas e vais encontrar imensas atividades aquáticas dentro de snorkel, mergulho e pesca.

Vais poder observar gigantes do mar como o tubarão-baleia, tubarão de pontas brancas, tubarão de pontas pretas, arraia-manta. E de outros animais aquáticos como o peixe-crocodilo, a morena, o peixe-napoleão, o marlim negro, o peixe-vela, o peixe-leão, o peixe-pedra, o peixe-trombeta, o peixe-flauta, o golfinho, a barracuda e a tartaruga carey.

Passeios de barco também estão à disposição para avistamento de animais marinhos, assim como passeios para outras ilhas. Nós, por exemplo, fizemos uma tour para ver os golfinhos no seu habitat natural – e achamos que foi uma experiência linda e inesquecível – colocar uma hiperligação paras um reels para o nosso insta.

-O hotel tinha ainda uma zona de desportos aquáticos com atividades como canoagem, parasailing, surf, wakeboard, windsurf, jetski, etc.

actividades no mar

Outras atividades que tínhamos no nosso hotel mas pode varias para outros hotéis:

– Ginásio, campo de ténis e de futebol.

– Bicicletas para alugar. Observação: Não deixes de alugar a tua bicicleta, pois a sensação de liberdade dentro da ilha aumenta muito. Fica a saber o preço no nosso artigo com as perguntas mais frequentes.

– Aulas de hidroginástica na piscina.

– Aulas de yoga e meditação.

– Aulas de culinária e de degustação de vinho.

 E ainda…

– Animação de início de noite no hotel com diferentes temas, como dança, karaok, espetáculos de fogo. Vale esclarecer que não existe verdadeira vida noturna na ilha onde ficamos.

Entre outras….

Já para os bloggers, criadores de conteúdo digital e fotógrafos, paisagens e pormenores não te vão faltar para registares e surpreenderes a tua comunidade de seguidores.

Toma atenção: a maioria das atividades são pagas.

Uma excelente dica para poupar algum dinheiro é levares a tua própria máscara, barbatanas e sapatos de água.

Não te esqueças de usar o nosso link quando precisares de reservar um alojamento no booking.com (podes sempre voltar ao nosso website para aceder ao link abaixo)



Booking.com

Final

E assim chegaste ao fim do nosso artigo, agora é altura de marcares o teu voo e a tua estadia para uma viagem e férias de sonho. Se te surgirem dúvidas, escreve-nos nos comentários ou em mensagem privada. Também iríamos adorar que partilhasses nos comentários a tua experiência.

E podes ainda consultar o nosso artigo sobre as 10 questões mais frequentes quando queres viajar para as Maldivas. Ou ainda o nosso artigo sobre o que levar na mala de viagem, onde te oferecemos uma checklist completamente gratuita.

Continua a acompanhar as nossas aventuras através do nosso instagram em @soulnursespassport.

PLANEIA A TUA VIAGEM ÀS MALDIVAS

A única forma de ajudares este blog manter-se activo de forma a continuar a inspirar-te e a dar-te dicas de viagens gratuitamente é usando os links disponibilizados neste artigo para fazer as suas reservas.

Nomeadamente:

Em primeiro lugar está a saúde, por isso, nunca viajamos sem seguro!

Faz um seguro de viagem na IATI Seguros e aproveita o desconto que te oferecemos de 5% (usando este link)

Reserva o teu Hotel/Resort nas Maldivas com o nosso Link, e aproveita as promoções do booking (é onde nós fazemos a maioria das nossas reservas).

Se precisas de um transfere ou comprar bilhetes de avião/comboio/autocarro/barco, utiliza a Omio e os seus preços imbatíveis.

Se precisas de alugar viatura própria, aluga um carro na Discovercars. Passamos a recomendá-la desde que descobrimos que têm preços bem mais baixos do que a Rental Cars.

Reserva as melhores atividades, pontos de interesse e entradas nos melhores monumentos da cidade que vais visitar com a Get Your Guide. Usufrui dos melhores descontos.

Poupa e gere o teu dinheiro com a Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.

Existe uma aplicação gratuita – TheFork, que podes instalar no teu telemóvel e te permite reservar restaurantes e ainda usufruires de descontos até 50%.

Adere agora mesmo à app e ganha 10€. 

Para isso, clica neste link, e depois introduz o código 7D774B77 ! Ganhas de imediato 1000 Yums = 10€ de desconto na tua próxima ida a um restaurante!

Deixe um comentário