O que fazer em Veneza

V I A G E N S

A cidade de Veneza é símbolo de romantismo mundial, e é considerada por muitos viajantes uma verdadeira pintura de aguarela a céu aberto. Se és um amante da cultura Italiana e adoras cidades românticas cheias de charme, então esta viagem a Veneza é para ti.

Vamos revelar-te tudo o que precisas de saber para visitar Veneza e ainda dicas que não vais querer perder para aproveitares ao máximo a tua estadia pela cidade.

São poucos os lugares no mundo que têm tanta personalidade e unicidade como Veneza.  Os seus canais, os seus palácios e as suas ruelas repletas de história, atraem anualmente multidões e são um ícone de Itália.

Portanto, neste artigo vais ficar a saber O QUE FAZER EM VENEZA, num roteiro único de 3 dias que inclui não só as principais atrações, como também as vilas imperdíveis de Murano, Burano e Torcello.

Burano

Também vais ficar a saber como chegar a Veneza, qual é a melhor época para visitares Veneza, como te locomoveres em Veneza e no final, ainda vais receber sugestões de onde comer em Veneza 😋🤤

Estás preparad@?

Esta cidade pouco mudou nos últimos duzentos anos… As suas casas datam de tempos passados, as ruas estreitas continuam intactas e convidam-nos a longos passeios sem rumo. Pelos canais ainda se ouvem os gritos dos barqueiros comandando as suas gôndolas, que transmitem aos milhares de turistas, um pouco da história e cultura Veneziana.

Pontes e canais

📍 Onde fica Veneza?

Veneza, é uma cidade no nordeste da Itália. Fica localizada na Lagoa de Veneza, que se estende ao longo da costa entre os rios Po e Piave.

E se tens vontade em conhecer mais desta região de Itália, não percas algumas das cidades que podes combinar com VENEZA 👇

Como chegar a Veneza?

Veneza é composta por um grupo de 118 pequenas ilhas, separadas por canais e ligadas por 400 pontes, sendo possível chegar à cidade através dos seguintes meios de transporte:

✈️ AVIÃO: É o meio de transporte mais comum para quem visita Veneza, vindo de fora de Itália.

Veneza tem dois aeroportos:

- Um aeroporto internacional que é o mais conhecido, Aeroporto di Venezia Marco Polo

- E um menor, Aeroporto di Treviso, utilizado sobretudo por companhias lowcost.

🚃 TREM: No site da Trenitalia podes encontrar conexões para as duas estações de trem em Veneza: Santa Lucia e Mestre.

🚍 BUS: A estação central de bus em Veneza fica na Piazzale Roma, a poucos passos da estação de trem Santa Lucia. Porém, várias empresas de bus fazem a viagem exclusivamente para a estação de Mestre ou Tronchetto, portanto, presta muita atenção ao comprar o teu bilhete.

Na opção de avião é importante referir que os Aeroportos ficam fora do centro de Veneza, sendo por isso necessário fazer o transfer, através de:

  • BUS:  Linha 5 do ACTV. Parte em frente ao terminal e chega à Piazzale Roma em cerca de 30 minutos, com algumas paragens no meio do percurso.

Valor: Cada viagem tem um custo de 8€ e o bilhete pode ser adquirido na zona das chegadas, no aeroporto.

  • Barco: Os barcos AliLaguna, são um meio de transporte público. Saem duma doca do lado esquerdo da área das partidas, sendo necessário andar a pé cerca de 7 minutos.

Os pontos de chegada em Veneza são:  

  • praça de São Marco, Rialto, Fondamenta Nuove, Le Guglie. Na nossa viagem, esta foi a nossa opção, saímos em São Marco e a viagem levou mais de 1hora, mas foi lindíssima.

O Valor: o preço dos barcos começa nos 15€ e os bilhetes compram-se na respetiva doca.

Qual a melhor época para visitar Veneza?

Booking.com

Na verdade, qualquer altura do ano é uma boa oportunidade para visitar Veneza e conhecer a beleza dos seus canais. No entanto, em função dos teus interesses podes escolher a melhor data para a tua viagem a Veneza.

Convém analisar determinados aspectos como por exemplo, o facto de no Inverno, de dezembro a fevereiro, poderem ocorrer as frequentes inundações (chamadas de “aqua alta”).

O clima também é mais frio e as mínimas podem chegar a 0°, à semelhança do que se passa em toda a Europa. Em contra partida nesta época os bilhetes de avião são mais baratos!

Nós adoramos viajar a Veneza em fevereiro, durante o Carnaval.
Carnaval em Veneza

E por falar nisso, não deixes de ler sobre a nossa experiência no famoso carnaval de Veneza lê este artigo 👇

Por outro lado, no Verão, de junho a agosto, as temperaturas são bem mais elevadas, com máximas que podem chegar aos 30°. Esta altura coincide com as férias escolares na Europa, fazendo com que a cidade fique repleta de turistas. A alta procura por estes meses leva a dois efeitos, normalmente indesejados por quem viaja: os preços ficam mais altos e as ruas repletas de turistas.

 
Assim, de forma a evitares os inconvenientes encontrados no inverno e os altos preços do verão, uma excelente dica é visitar Veneza na meia estação. Os meses de Março a Maio e de Setembro a Novembro, são ideais para a viagem e permitem-te aproveitar o melhor da cidade, sem tanta agitação. Se bem que Veneza é uma cidade que jamais poderá estar deserta

Entende as divisões geográficas de Veneza, para escolheres onde ficar

Mas antes de passarmos ao roteiro, convém entender que Veneza é dividida em seis “sestieri”, que são bairros/distritos:

Cannaregio, é assim chamado porque se desenvolveu numa área pantanosa onde os juncos eram frequentes;


Castello, recebeu o nome de uma fortaleza agora desaparecida em torno da qual a área se desenvolveu;


Dorsoduro, provavelmente o seu nome lembra as dunas de areia compactas desta área;

 

San Marco, leva o nome da basílica homónima;

 

San Polo, fica no centro de Veneza, onde se encontra o mercado de Rialto;


Santa Croce, que inclui a Piazzale Roma, o Tronchetto e a Estação Marítima.

Essas subdivisões não esgotam a área histórica que compõe a cidade de Veneza. As ilhas Giudecca fazem parte de Dorsoduro, a ilha de San Giorgio Maggiore de San Marco e a ilha de San Michele, sede do cemitério da cidade, de Castello.

Fala-se também de sestieri nas ilhas de Burano e Pellestrina, embora estas tenham cinco e quatro distritos, respetivamente.

Onde te hospedares em Veneza?

Booking.com

O melhor distrito para te hospedares é San Marco! E quanto mais perto da Piazza de San Marco, melhor.

Contudo, como Veneza é uma ilha pequena tudo se torna relativamente perto, por isso também podes ficar em CastelloDorsoduroSan Polo ou no leste de Cannaregio.

Nós optamos por dividir a nossa estadia por 2 hotéis muito centrais, ambos perto da famosa Piazza de San Marco e recomendamos qualquer um dos dois! 😉👍

Ficamos duas noites na CASA SUL MOLO pelo preço de 80por noite, com pequeno almoço incluído.

É um género de B&B, muito limpo e com bom café da manhã que é servido no quarto.

Fica muito bem localizada, apenas a 3 min a pé da Piazza San Marco, numa pequena rua transversal. E apresenta muito boa qualidade/preço.

Os funcionários foram muito simpáticos, mostraram flexibilidade para o check-in e permitiram-nos deixar a bagagem segura após a hora de check-out.

O único inconveniente para algumas pessoas, é que os quartos ficam no 3º andar sem elevador.

E na última noite ficamos no HOTEL CASANOVA pelo preço de 117€, com pequeno almoço.

É um bom hotel de 4 estrelas, que fica localizado a poucos passos da Piazza San Marco.

Os quartos são espaçosos, bonitos e estavam limpos.

O café da manhã estava ótimo. E a equipa foi muito gentil. 

Repara que os preços que te dissemos que pagamos foram na época do Carnaval, que é a época mais alta, portanto noutras épocas os valores serão seguramente inferiores.

Confirma aqui abaixo

Booking.com

Como te locomoveres em Veneza?

As duas opções que te aconselhamos são:

🦶Caminhar: Esta é realmente uma das melhores opções. Apenas caminhando é que te podes perder pelos lindos becos de Veneza e sentir a verdadeira magia desta cidade!

 

🚣‍♀️Vaporetta: O vaporetto é uma embarcação característica de Veneza e é usada como meio de transporte público dentro dos canais da cidade. Apesar de, atualmente, os vaporetti (plural) usarem motor a diesel, o nome à antiga designação, de usarem motor a vapor, permanece.

            Os vaporetti percorrem seis linhas principais: 01, 02, 03, 07, 10 e 18:

  • Linha 01:A mais utilizadas pelos turistas! Percorre lentamente, o Grande Canal da estação de bus de Piazzale Roma até a Ilha de Lido; tem paragens em alguns pontos turísticos como a Praça São Marcos e a Ponte Rialto.
  • Linha 02:Mostra os principais pontos turísticos como a Praça São Marcos e a Ponte Rialto ao longo do Canal Grande. Aconselho um passeio usando a linha 2 para ter uma panorâmica geral das maravilhas de Veneza.
  • Linha 03:Liga Piazzale Roma com a Ilha de Murano.
  • Linha 07: Liga a Praça São Marcos com a Ilha de Murano.
  • Linha 10:É a mais rápida de todas para ir da Praça São Marcos até a Ilha de Lido.
  • Linha 18:Liga as ilhas de Lido e à ilha de Murano.

O VALOR do bilhete é de 7,50€ e tem a duração de 75 minutos aproximadamente.

Roteiro de 3 dias em Veneza
incluindo Murano, Burano e Torcello

👉 Dia 1 👈

Ponte de Rialto, no bairro de San Polo

Ponte Rialto, é a mais antiga da cidade. Foi construída entre 1588 e 1591 e foi projetada por António da Ponte.
Em cada um dos seus lados, tem uma rampa com escadas. E além de charmosa e movimentada é, habitualmente, o ponto de referência para encontros. Durante o Verão, à noite, é comum os jovens dedicarem-se à audácia de saltar da ponte para o grande canal, como se de uma piscina se tratasse.
Ponte Rialto

Mercato di rialto

Ao lado da ponte de Rialto, está o mercado que conta um pouco dos costumes e da gastronomia de Veneza. E é onde os venezianos, todas as manhãs, compram peixe, frutas e legumes, enquanto as lojas exibem mercadorias que vão desde queijos até vinhos e sobremesas.

As paragens do vaporetto (táxi aquático) em San Silvestro e no Mercado de Rialto aumentam o fluxo constante de tráfego a pé.

Horário: das 7h30 às 12h00, encerra ao domingo e à segunda-feira.

Fondaco dei Tedeschi

Muito perto de Rialto, está esta galeria comercial onde se encontram apenas marcas de luxo, que a grande maioria dos mortais não consegue comprar.

E no último andar tem a cereja no topo do bolo, isto porque tem um terraço a céu aberto, totalmente gratuito!!!

A melhor dica que te vamos dar neste artigo é que não percas este lugar! Quando chegares ao centro comercial, reserva imediatamente uma hora para subir e espera cerca de 30min. A vista sobre toda a cidade é inacreditável!

Libreria Acqua Alta di Frizzo

A cerca de 600 mts a pé da  Ponte de Rialto, está uma das livrarias mais históricas do mundo que merece uma paragem obrigatória. Tem imensos livros em segunda mão ou mesmo esgotados, discos de vinil, etc. Mas infelizmente tem filas de espera enormes para entrar, porque tornou-se num sítio de fotos para o Instagram.

Horário: das 09h00 às 19h30

Ca’ Sagredo Hotel

Este é o tão famoso hotel, com uma atmosfera de luxo, situado no grande canal no bairro de Cannaregio. Onde duas mãos saem dos canais pelas suas paredes.

Ca’ Sagredo Hotel

👉 Dia 2 👈

No segundo dia começamos por explorar o Bairro de San Marco, que alberga a Praça São Marco (Piazza San Marco), uma das praças mais famosas do mundo. É um bairro repleto de restaurantes, lojas, museus, orquestras que tocam na praça, onde voam vários pombos e conta com a lendária Basílica de San Marco, o grande Palácio Ducal (Palazzo Ducale), a Torre do sino (campanário), uma Torre de relógio astrológico, além de ilustres cafés e restaurantes, como o Florian e o Quadri.

Piazza San Marco

É adorada pelos próprios venezianos. Eles reservam uma mesa a qualquer momento para fazer uma pausa na vida diária e para relaxar ao ar livre, principalmente no fim da tarde, quando os grupos de turistas diminuem. É simplesmente um lugar maravilhoso para conheceres.

Dica: Acorda bem cedo para ver o amanhecer nesta praça encantadora.

Scala contarini Del Bovolo

É um pequeno palácio que data do século XV, a 5 min da praça de São Marco, que é muito conhecido pela sua escadaria em caracol no exterior, conhecida como a “Scala Contarini del Bovolo“.

Horário: aberto das 9h30 às 17h30.

Valor: Entrada 9/10€

Ponte dei Sospiri

É uma ponte característica de Veneza situada perto da Piazza San Marco, que liga o Palazzo Ducale às Prigioni Nuove. Foi o primeiro edifício no mundo construído para ser uma prisão. 

Ponte Chiodo

Esta ponte não tem tanto destaque como as anteriores, mas é diferente por ter degraus bem longos e não possuir um corrimão.

O que fazer em Veneza

Chiesa di Santa Maria del Giglio

A igreja de estilo barroco, com toda a sua fachada em mármore, onde exalta os triunfos marítimos e políticos de várias gerações com brasões e estátuas esculpidas.

Ponte dell’ Accademia

Perto da Accademia (museu e galeria de arte), está a Ponte dell’Accademia, que é uma ponte em arco de Veneza e serve para cruzar o Grande Canal (havendo apenas três pontes que o fazem). A ponte destaca-se sobretudo pela vista inesquecível que oferece aos seus visitantes.

Basílica de Santa Maria della Salute

É um edifício com uma cúpula que pode ser visto de muitos pontos da cidade. Foi construído para celebrar o fim da peste.

Horário: Todos os dias, das 9:30 às 12:00 e das 15:00 às 17:30 horas.

Valor: A entrada na basílica é gratuita.

Chiesa di Santa Maria dei Miracoli

É uma igreja de estilo renascentista muito bonita.

Punta della Dogana

É um museu de arte num dos antigos edifícios alfandegários de Veneza, o Dogana da Mar.

A caminhada para chegar até lá também vale muito a pena. E a travessia do canal é feita pela Ponte Dell’ Academia.

Horário: 10h00 às 19h00

Dica: Aproveita para assistir ao anoitecer neste local.

👉 Dia 3👈

Guardamos o último dia para visitar 3 ilhas (Burano, Murano e Torcello) que ficam localizadas na fantástica Laguna Veneziana. Usamos como meio de transporte o Vaporetto . E o trajeto de Veneza à primeira ilha demorou cerca de 30minutos.

Burano

Burano

A pitoresca ilha de Burano é conhecida pelas suas casas coloridas de pescadores e restaurantes informais que servem peixe e marisco da lagoa.

Parece um cenário surrealista, até porque a torre da igreja está ligeiramente inclinada. É uma ilha densamente povoada, cheia de vida, com casinhas pitorescas, cujos reflexos dão cor aos canais, onde se atracam os barcos, em comunhão com a água.

Burano

MURANO

A ilha de Murano é, à semelhança de Burano, muito colorida, e é conhecida pela sua longa tradição de fabrico de vidro.
Todos os anos esta ilha recebe milhares de visitantes para o Museo del Vetro, que conta a história do vidro ao longo dos séculos, e onde podes comprar lembranças artesanais locais.
Murano

Torcello

A ilha de Torcello é considerada nesta região, a  ilha que é habitada continuamente há mais tempo.

O principal atrativo da ilha é a Catedral de Santa Maria Assunta, fundada no século VII e com muitas obras bizantinas dos séculos XI e XII, incluindo mosaicos.

🚨 O QUE NÃO PODES PERDER na tua viagem a VENEZA...

Um magnifico passeio DE gôndola pelos CANAIS 🛶

Esta é provavelmente a atividade que todo o viajante quer fazer quando chega a Veneza.

E quanto custa? A tarifa oficial prevê um custo para a gôndola (até 06 pessoas) de 80€ por até 40 minutos. Já se o horário for a partir das 19h00 o valor é de 100€.

Na baixa temporada (outono e inverno) podes inclusive tentar negociar e conseguir melhores preços.

Uma dica preciosa para economizar, no caso de serem somente 2 pessoas é tentar encontrar outras pessoas para fazer o passeio convosco. Porque lembra-te que o preço é fixo para até 6 pessoas, por isso se forem 6 pessoas, o custo será somente de 14€ por pessoa, não é ótimo? 😉

Gondola

Assistir a um concerto de música clássica 🎻

Esta é uma experiência incrível, por exemplo, assistir  “às quatro estações de Vivaldi”. É possível fazê-lo no Museo de la Musica di Veneza, no Teatro La Fenice, bem como  em algumas igrejas.

musica clássica

Provar o tão famoso COCKTAIL SPRITZ 🍹

Sabias que este é o cocktail mais bebido em Itália? E em Veneza não é exceção. É muito comum verem-se as esplanadas cheias no fim de tarde e todas as mesas com este famoso cocktail. 

Spritz

Onde comer em Veneza? 🍝

De seguida, passamos-te alguns dos restaurantes onde comemos e onde tivemos boas experiências…

😋 Ristorante Principessa, Riva degli Schiavoni, 4187, 30122 Veneza – Preço médio 30€ servem comida deliciosa num espaço lindo, situado à beira do cais. 

😋 Restaurant Poste Vecie, San Polo 1608, 30124 Veneza – Preço médio 35€. Um ambiente com uma decoração muito gira. Gostamos de comer o polpo scottato con patate schiacciate e carciofi (polvo).

😋 Osteria Mercante, San polo 1586, 30125 Veneza – Estivemos aqui por causa do The Fork, e adoramos o tratamento dos funcionários. Comemos o antipasta Mercante, a fritura mista e scaloppina al limone. Comemos muito bem e a decoração era acolhedora.

😋 Ristorante A Beccafico Arte, Cannaregio, 2289c, 30121 – Preço médio 25€- Servem boa comida, bom atendimento. Pedimos a fritura mista de entrada.

😋 Osteria Al Pozzo Roverso, Ruga Giuffa, 4829, 30122 Veneza – Preço médio 20€, Servem ótima comida, a preços acessíveis para Veneza. Recomendamos o Cheasecake da casa.

restaurantes em Veneza
E assim chegaste ao fim deste artigo sobre O QUE FAZER EM VENEZA – NUM ROTEIRO DE 3 DIAS.
Deixa nos comentários o teu feedback e não hesites a contactar-nos caso te surja alguma dúvida. 

E não te esqueças:

Continua a acompanhar as nossas aventuras através do nosso instagram em @soulnursespassport.

Deixe uma resposta