Viagem para as Maldivas – as 10 questões mais frequentes

V I A G E N S

As 10 questões mais frequentes quando preparas a tua viagem para as Maldivas.

Quando planeias uma viagem para as Maldivas, surgem várias questões e receios. Questões essas, que se estendem a todos os viajantes.

Durante a nossa viagem de sonho pelas Maldivas, recebíamos diariamente inúmeras perguntas, com dúvidas, tais como:

“O que é proibido levar para as Maldivas?”

“Pode-se usar o drone nas Maldivas?”

“ É necessário visto? Quais os documentos que vos pediram?”

“ No hotel compensa regime tudo incluído nas Maldivas? Qual o regime a escolher?”

Entre outras questões…

Sendo assim, este artigo foi feito para te esclarecer em relação às questões mais frequentes. As que tu irás colocar, aquando da preparação da tua viagem para as Maldivas.

Mas antes de mais, se pretendes viajar para as Maldivas, aconselhamos-te a ler o nosso artigo completo. 👇

Posto isto, enumeramos as 10 questões mais frequentes que são colocadas quando preparas a tua viagem para as Maldivas.

1. É necessário visto para uma viagem para as Maldivas?

Não é necessário visto para cidadãos portugueses que pretendem viajar para as Maldivas num período de até 30 dias.

Se também queres saber quais os documentos obrigatórios para viajar para as Maldivas na pandemia, lê o nosso artigo – Maldivas durante a pandemia – fica a par de todos os documentos obrigatórios!!! 

2. É preciso fazer a vacina da febre amarela?

Não. Os cidadãos portugueses a viajar de Portugal, para as Maldivas, não precisam de fazer a vacina da febre amarela.

Esta é uma questão que surge a muitos viajantes quando estão a preparar a sua viagem para as Maldivas. Pois, inspiram-se em alguns blogs brasileiros. Isto porque, quem viaja do brasil para as Maldivas é obrigado a apresentar a vacina da Febre Amarela. Dai surgir esse equívoco.

3. É obrigatório fazer a consulta do viajante para uma viagem para as Maldivas?

Não. Embora não seja exigido ter consulta do viajante para viajar para as Maldivas, nós aconselhamos sempre que seja feita essa consulta. Pois, é uma consulta que te permite tirar dúvidas e onde vais ser esclarecida/o sobre os cuidados a ter em viagem, por parte de um profissional de saúde especializado.

4. Como é viajar para um país muçulmano como as Maldivas? É perigoso?

Nós consideramos que a nossa viagem para as Maldivas foi muito segura e nunca tivemos qualquer tipo de receio. Mas, também foi uma viagem calma, onde fomos para uma ilha privada. Se tivéssemos ido para as ilhas locais, a experiência teria sido diferente.

É certo que hoje em dia viajar para qualquer lado do mundo requer sempre muita atenção e cuidados básicos. Tanto na segurança como no cumprimento das regras de cada país. E para isso é necessário estar informado, antes de viajar para um novo país!

 

A religião oficial das Maldivas é o islamismo. Nas ilhas locais, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas, bem como é interdito o uso de biquínis por parte das mulheres. Assim como são aplicadas, outras regras nas ilhas locais… No entanto, nos resorts os turistas podem consumir álcool e utilizar biquínis e fatos de banho, em todas as instalações do resort.

5. Posso entrar com bebidas alcóolicas
numa viagem para as Maldivas?

Não. As Maldivas são um país muçulmano e como tal é interdita a entrada no país com bebidas alcoólicas.

6. O regime tudo incluído compensa?

Esta foi das questões que mais nos colocaram quando estávamos nas Maldivas.

Nós não escolhemos o regime tudo incluído, escolhemos o regime de pensão completa.

No entanto, o feedback de quem escolheu o regime de tudo incluído é que é um engano. Isto porque, por exemplo quando viajamos para o Egipto ou República Dominicana, com o regime tudo incluído, podíamos comer e beber todo o tipo de bebidas com e/ou sem álcool, a qualquer hora. Mas, nas Maldivas e mais precisamente no resort onde estávamos hospedados não era assim. Tudo incluído tens direito às refeições de pequeno-almoço, almoço e jantar no restaurante de buffet principal e apenas a beber bebidas que fazem parte de uma lista restrita.

7. No regime tudo incluído, estão incluídas atividades?

No Sun Island Resort & Spa, a única atividade que estava inserida a mais no regime de tudo incluído, em relação aos outros regimes, era a atividade de pesca noturna. Oferecida como extra nas estadias de regime tudo incluído de 6 ou mais noites. Nessa atividade, os hospedes saem acompanhados de profissionais na hora do por do sol, num barco de pesca, e no dia seguinte têm a oportunidade de poderem comer todo o peixe pescado.

Esta atividade não tem um valor que compense a escolha do regime tudo incluído na expectativa de ter esta oferta.

Se procuras onde te hospedar nas Maldivas – lê este artigo👇

Reservar o transfere é muito simples e fácil de fazer. Em seguida deixamos todos os passos que necessitas  para reservar o teu transfere sem qualquer tipo de problema.

👉RESERVA AQUI O TEU TRANSFERE – Poupa tempo e dinheiro com os melhores preços.

1️⃣ Enviar um email ao hotel/resort

Depois de teres a reserva feita, envias um email ao hotel/resort, a dar os dados do teu voo e a solicitar o transfere. Esse email funciona como uma pré-reserva.

2️⃣ Quando chegas ao aeroporto de Malé

Quando chegas ao aeroporto de Malé, à saída do aeroporto, vai em direção à zona dos guichets. Cada hotel/resort tem o seu guichet. Na verdade os guichets, são várias barraquinhas brancas. O Sun Island Resort & Spa tinha o guichet n° 16 em janeiro de 2021.

3️⃣ Voo doméstico ou outro transfere

Nesse guichet, deves mostrar a reserva do hotel. E posteriormente eles irão ocupar-se de ti e acompanhar-te até ao local para fazeres o teu check-in, (para fazeres o voo doméstico) cerca de 300 metros a pé. Indicando-te qual o voo que tens de apanhar em direção ao teu resort.

Nota: A hora dos voos domésticos, não tem uma hora definida. Depende do dia.

4️⃣ Pagamento do transfere

Quando chegas ao resort, no momento do check-in, eles colocam-te a conta do transfere para pagar, já com o valor do regresso.
O voo do dia de regresso também não tem hora definida. A equipa do hotel só te informará do horário do voo na véspera.

Nota: A hora dos voos domésticos, não tem uma hora definida. Depende do dia.

Nota: Caso tenhas alguma dúvida, no aeroporto internacional da Malé, existe um guichet de informações. Este guichet situa-se depois das saídas, perto das casas de banho e de uma farmácia. Haverá placas com informações para o acesso às casas de banho, logo passas pelo guichet informativo antes.

9. Viagem para as Maldivas com ou sem agência?

É possível viajar para as Maldivas sem agência de viagem. Nós compramos o nosso voo AQUI, reservamos o nosso bungalow sobre o mar no Sun Island Resort & Spa e reservamos o nosso transfere. E com isso conseguimos poupar imenso.

 
Se gostavas de ficar a saber quanto pagamos pela nossa viagem de 10 dias pelas Maldivas, essa informação está neste artigo 👉  Férias nas maldivas em 2021? – tudo o que precisas de saber.

10. É possível usar drone no resort nas Maldivas?

A autorização ou interdição do drone nas Maldivas depende da ilha em que vais ficar hospedado. No caso do Sun Island resort & spa, a utilização de drone é interdita.

Contudo diariamente víamos vários drones a circular. Embora todas as sinalizações indicassem a sua proibição.

Podemos dar o nosso exemplo, tentamos levantar o drone na área dos bungalows sobre a água e veio logo um segurança intersetar-nos e pedir-nos para parar imediatamente. Existem vários seguranças dispersos pela ilha, e os turistas nem se apercebem, porque eles são bastantes discretos.

E assim chegamos ao fim do nosso artigo sobre as 10 perguntas mais frequentes, quando preparas a tua viagem para as Maldivas.

Esperamos que tenhas gostado de nos ler. Não hesites em deixar o teu feedback nos comentários, é sempre bom ter um retorno de quem nos lê, para sabermos qual a direção que devemos dar aos nossos artigos.

Rosto sorridente com olhos sorridentes no Facebook

Não te esqueças de nos seguir no Instagram para continuares a acompanhar as nossas aventuras de viagem. 

PLANEIA A TUA VIAGEM ÀS MALDIVAS

A única forma de ajudares este blog manter-se activo de forma a continuar a inspirar-te e a dar-te dicas de viagens gratuitamente é usando os links disponibilizados neste artigo para fazer as suas reservas.

Nomeadamente:

Em primeiro lugar está a saúde, por isso, nunca viajamos sem seguro!

Faz um seguro de viagem na IATI Seguros e aproveita o desconto que te oferecemos de 5% (seguro de viagem na IATI Seguros)

Reserva o teu Hotel/Resort nas Maldivas com o nosso Link, e aproveita as promoções do booking (é onde nós fazemos a maioria das nossas reservas).

Se precisas de um transfere ou comprar bilhetes de avião/comboio/autocarro/barco, utiliza a Omio e os seus preços imbatíveis.

Se precisas de alugar viatura própria, aluga um carro na Discovercars. Passamos a recomendá-la desde que descobrimos que têm preços bem mais baixos do que a Rental Cars.

Reserva as melhores atividades, pontos de interesse e entradas nos melhores monumentos da cidade que vais visitar com a Get Your Guide. Usufrui dos melhores descontos.

Poupa e gere o teu dinheiro com a Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.

Existe uma aplicação gratuita – TheFork, que podes instalar no teu telemóvel e te permite reservar restaurantes e ainda usufruires de descontos até 50%.

Adere agora mesmo à app e ganha 10€. 

Para isso, clica neste link, e depois introduz o código 7D774B77 ! Ganhas de imediato 1000 Yums = 10€ de desconto na tua próxima ida a um restaurante!

Deixe um comentário